Documento sem título Documento sem título
 Documento sem título Monumentos de São Luís
Cais da Sagração.
Grande extensão de muralhas de avultada espessura, construída em alvenaria de pedra e reboco, que se estende desde a Praia do Caju até a Rampa do Palácio. É interrompida por três rampas: Praia do Caju, das Palmeiras e, logo após, o Baluarte de São Cosme. Os muros são dotados de bancos embutidos. Em toda a sua extensão é circundado pela Av. Jaime Tavares, em belo trecho com arborização de coqueiros.

As duas meias-laranjas correspondentes aos baluartes de São Cosme e São Damião do Castelo, ao lado do Palácio dos Leões, vêm quebrar seu sentido retilíneo. O monumento da Pedra da Memória e o Coreto da Praia Grande estão nesse percusso. A construção do Cais teve como objetivo evitar a escavação e o desmoronamento do baluarte.

E também facilitar a comunicação entre a Praia Grande e as ruas que terminam no mar, acabar com o pântano, que existia desde o Baluarte até os Remédios e, por fim, dar melhor estética à vista da cidade. Foi projetado sob interesses do capitão general D. Diogo de Sousa, Conde do Rio Pardo. O escritor maranhense Josué Montello imortalizou-o no romance Cais da Sagração, em que exalta a figura do Mestre Severino.
Pedra da Memória.
Ceprama.
Fonte das Pedras.
Fonte do Ribeirão.
Forte de Santo Antonio.
Pirâmide de Beckman.
Portão da Quinta das Laranjeiras.
Sitio do Físico.
Documento sem título
COPYRIGHT @ 2015 TURISMO-MA - Todos os Direitos Reservados